AIAB

Palavra do Presidente

O processo da globalização, cada vez mais percebido em todos os países do mundo, demonstra que a agregação de valor aos produtos produzidos em um país, é fundamental para a sua competitividade como nação.

Presidente

O setor aeroespacial, em decorrência da sua ampla gama de produtos e serviços envolvidos, tais como: aeronaves, satélites e veículos lançadores, material de defesa, todos com alto teor tecnológico, tem se mostrado fundamental para que um país possa exercer a sua soberania e projetar o seu poder.

A indústria aeroespacial brasileira, através do completo domínio de diversas tecnologias, e da qualidade de seus produtos, tem contribuído, de forma significativa, para o desenvolvimento do país, seja diretamente, através de sua contribuição econômica, ou indiretamente, pela transferência de suas inovações e princípios de qualidade para outros setores.

A intensidade tecnológica da indústria aeroespacial, agregada a seus produtos, ou necessária para o seu desenvolvimento, determinou que a OCDE - Organization for Economic Cooperation and Development - classificasse esse segmento em primeiro lugar dentre 22 setores industriais.
Nesse grupo, o único setor industrial brasileiro a possuir marcas reconhecidas mundialmente é o aeroespacial.
Isso é decorrente da competitividade e qualidade intrínsecas da capacitação da industria aeroespacial brasileira em prover soluções que realmente atendam as necessidades dos seus clientes localizados nos cinco continentes.